Para que serve a espinheira santa

A espinheira santa é uma planta medicinal muito utilizada no Brasil. O seu nome científico é Maytenus Ilicifolia que pertence à família Celastraceae originária na América do Sul, mas é chamada popularmente por diversos nomes como, por exemplo, espinho-de-deus, cangorça e espinheira-divina.

Entre as principais propriedades da espinheira santa de destacam a sua ação anti-inflamatória, analgésica, antisséptica, cicatrizante, anti ulcerosa, tonificante, diurética e até laxante em alguns casos (indicado para casos de prisão de ventre). Os seus benefícios foram comprovados e por esse motivo a espinheira santa é reconhecida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Mas… para que serve a espinheira santa:

A espinheira santa serve para combater sensações de azia e queimação na região do abdômen, gastrite, úlcera e dores de estômago em geral. As partes consumidas dessa planta medicinal são as suas folhas e raízes e podem ser ingeridos de duas formas diferentes: a primeira e mais comum por meio de chás (uma colher de sopa com folhas secas imersas em um xícara com água quente) ou bem por meio de suplementos alimentares em formato de cápsulas (nesse caso, os comprimidos podem ser encontrados em farmácias ou lojas de produtos naturais).

O consumo da espinheira santa é recomendado sempre antes das refeições para que a sua ação não seja potencializada com o estômago vazio. Se consumida em forma de chá é indicado 3 xícaras por dia, mas caso seja ingerida em forma de cápsulas se recomenda o consumo de 2 cápsulas ao dia.

Espinheira santa

A espinheira santa serve para combater sensações de azia

Benefícios do uso da espinheira santa

Entre os principais benefícios da espinheira santa se destaca a sua ação em facilitar a digestão o que pode contribuir também ao emagrecimento. Igualmente pode ser consumida para fins de cicatrização já que essa planta medicinal auxilia a controlar a produção de ácido clorídrico e também pode ser um eficaz analgésico uma vez que contribui a corrigir possíveis alterações estomacais.

Igualmente, a espinheira santa é recomendada como tratamento alternativo para o câncer de pele e gástrico devido a que essa planta medicinal combate a bactéria Helicobacter Pylori. No entanto, é preciso atenção com esse tratamento já que o resultado benéfico não foi comprovado cientificamente, dessa forma é apenas um método natural.

Contraindicações do uso da espinheira santa

O consumo da espinheira santa não é indicado para mulheres grávidas ou durante a amamentação porque essa planta medicinal pode afetar o desenvolvimento do feto (e alguns casos pode até provocar um aborto espontâneo) e afetar o crescimento do bebê. Igualmente a ingestão da espinheira santa pode provocar náuseas e deixar a boca seca.

Escribe un comentario en Para que serve a espinheira santa