Para que serve a fluoxetina

A fluoxetina é classificada como um antidepressivo que auxilia ativamente no processo de emagrecimento porque reduz os índices de ansiedade sentidos em pessoas com alterações constantes de estado anímico. Isso porque a ação da fluoxetina no organismo está associada a captar serotonina, substância responsável pelo equilíbrio e estabilidade do humor de uma pessoa.

Mas… para que serve a fluoxetina:

A fluoxetina serve para combater os casos de depressão (moderada e grave), bulimia nervosa, transtorno disfórico pré-menstrual (TDPM) e até o transtorno obsessivo compulsivo (conhecido popularmente como TOC). A fluoxetina é recomendada nesses casos porque ao atuar sobre a recaptacao da serotonina libera uma maior sensação de bem-estar.

Em muitos casos a fluoxetina é recomendada para ajudar em tratamentos de emagrecimento, mas esse antidepressivo não possui ação direta sobre isso. Ou seja, a fluoxetina não emagrece. O que ocorre é que ao tratar-se de um antidepressivo a fluoxetina alivia a sensação de ansiedade e isso evita que o paciente coma por impulso e sem fome.

fluoxetina

fluoxetina / antidepressivo

Benefícios do uso da fluoxetina:

Entre os principais benefícios da fluoxetina no organismo, se destaca os autos níveis de serotonina que o medicamento libera no cérebro o que influi diretamente no estado anímico mental do paciente. No Brasil a fluoxetina pode ser encontrada a venda em farmácias e o seu nome comercial é Prozac e Eufor 20. Para uso oral, o medicamento é encontrado em caixas que contêm 14 ou 28 comprimidos de 20 mg cada um.

Nos casos de depressão, a dose recomendada de fluoxetina é de 20 mg ao dia, já para os casos de bulimia nervosa, a dose pode chegar até a 60 mg diárias. Para o tratamento dos transtornos obsessivo compulsivo e disfórico pré-menstrual a dose recomendada é de 20 mg a até 60 mg, dependendo sempre do caso em especifico e claro de orientação médica.

Contraindicações do consumo da fluoxetina:

O consumo da fluoxetina não é recomendado para pessoas alérgicas a essa substância ou qualquer outro presente na fórmula do fármaco. Ademais, o antidepressivo é contraindicado para pacientes com histórico de convulsões e diabetes.

Não existe restrição do consumo de fluoxetina para mulheres grávidas ou durante o período de amamentação, no entanto é aconselhável orientação médica antes de iniciar o consumo do antidepressivo.

Entre os principais efeitos colaterais do consumo da fluoxetina podemos mencionar onze deles, por exemplo: aumento da produção de leite materno (para mulheres grávidas ou durante a amamentação), boca seca, confusão mental, enjoo, diarreia, fadiga, irritabilidade, perda de apetite, sangramento vaginal fora do período menstrual, sonolência e tremores.

Pergunte ao seu médico.

Escribe un comentario en Para que serve a fluoxetina