Para que serve a spirulina

A spirulina é uma bactéria capaz de realizar fotossíntese e é intitulada cianobactéria que a sua vez pertence ao grupo Cyanobacterium. Também é conhecida como proteína unicelular ou em inglês como single cell protein e atualmente é conhecida por ser a “cápsula do emagrecimento”.

Durante alguns anos foi classificada como uma alga, mas já se sabe que se trata de uma espécie de bactérias que vivem em colônias e que por isso se parecem a algas já que são encontradas em lagos (e não no mar como as famosas algas marinhas). No Brasil o único lugar que a spirulina pode ser encontrada no seu habitat natural é no Pantanal.

Mas… para que serve a spirulina:

A spirulina serve para ajudar no emagrecimento já que se trata de uma substância que ao entrar em contato com a água do corpo humano se expande o que auxilia na sensação de saciedade e reduz o apetite.

Igualmente essa substância é muito consumida por vegetarianos devido a que conta com um elevado índice de proteínas (a sua composição alcança 60% de pura proteína), ácidos graxos poli-insaturados, vitaminas como o betacaroteno (entre elas a vitamina A e a vitamina B12), e também minerais como o cobre, ferro, selênio e zinco. Por esse mesmo motivo, pode ser utilizada na alimentação de animal como criação de gados ou peixes.

spirulina

A spirulina serve para ajudar no emagrecimento

Consumo da spirulina:

O consumo da spirulina é feito através de cápsulas ou pílulas. As espécies de spirulina vendidas são chamadas de Arthrospira máxima e Arthrospira platensis e podem ser usadas não apenas para emagrecimento, como também um redutor natural no colesterol, um antiviral e suplemento alimentar. Em alguns casos são indicadas também para a redução das taxas de triglicerídeos o que contribui diretamente a uma melhor pressão arterial.

A dose recomendada dessa substância são de duas e quatro cápsulas diárias, uma dose mais elevada pode ser administrada mas sempre com orientação médica.

Contraindicações do uso da spirulina:

O consumo da spirulina não é 100% recomendado pelos médicos porque ainda faltam estudos científicos que comprovem efetivamente os seus benéficos, riscos e eficácia do produto para o corpo humano. Para a Anvisa essa substância não pode ser comercializada com indicações de produto que auxilia o emagrecimento uma vez que não está registrada nessa categoria pela agência nacional.

E atenção: para os pacientes de esclerose múltipla, lúpus, artrite reumatoide, fibromialgia e doença de Cronh a spirulina deve ser evitada. Isso porque ela pode ativar o sistema imunológico e alterar a ação dos medicamentos utilizados para esses casos específicos.

Pergunte ao seu médico.

Escribe un comentario en Para que serve a spirulina