Para que serve o dexametasona

O dexametasona é um glicocorticoie sintético (pertencente aos corticosteroides), medicamento anti-inflamatorio que pode ser utilizado via oral ou ser injetado na pele. No Brasil esse medicamento pode ser encontrado à venda em farmácias e é comercializado com os nome: Decadron, Decadronal e Duo-Decadron.

O uso do dexametasona é indicado principalmente para combater sintomas de alergias, quadros de inflamação ou doenças glicocorticoides.

Mas… para que serve o dexametasona

O dexametasona serve para o tratamento de isquemia cerebral, prevenção da síndrome da angústia respiratória (provocada por insuficiência pulmonar pós-traumática), insuficiência adrenocortical, processos alérgicos e inflamatórios graves.

A dose recomendada do dexametasona é de 0,5 mg até 8 mg para adultos, sendo que a ingestão dessa dose deve ser dividida em quatro partes e o seu consumo prolongado por até oito dias. Já no caso das crianças, é recomendado uma dose menor: de 20 mcg a 300 mcg calculados de acordo a cada quilo corporal do paciente (para crianças a ingestão também deve ser fracionada em quatro doses durante o período de até oito dias).

Caso o dexametasona seja utilizado via tópica (cremes e pomadas) é indicado aplicar pequenas quantidades do produto sobre a área tratada de duas a até 3 vezes ao dia, também durante um período de oito dias.

dexametasona

O dexametasona serve para o tratamento de isquemia cerebral

Benefícios do uso do dexametasona

Entre os principais benefícios do uso do dexametasona é que esse medicamento apresenta baixos níveis de toxicidade ao organismo, principalmente se o mesmo dura menos de três semanas. Como medicamento o dexametasona é recomendado especificamente para casos de controle de quadros de alergias graves, doenças reumáticas, dermatopatias, oftalmopatias, endocrinopatias, pneumopatia, hemopatias, doenças neoplásticas, estados edematosos, edemas cerebrais e também para doenças gastrintestinais.

Contraindicações do uso do dexametasona

Entre as reações adversas do uso do dexametasona podem surgir problemas com o aumento de peso e apetite, acne, astenia e miopatia, cataratas e glaucoma, cefaleia, eritema, hipertensão arterial, hirsutismo, úlcera péptica, petéquias e supressão do crescimento em crianças.

O consumo do dexametasona é contraindicado para pacientes com quadros de hipersensibilidade a sulfitos, medicamentos ou vacinas com a presença de vírus vivos e pessoas com infecções fúngicas sistêmicas. Ademais, o consumo de dexametasona é contraindicado para mulheres grávidas ou durante o período de lactação porque o medicamento pode provocar danos ao feto ou bebê.

Para o caso de alguns pacientes é necessário atenção médica especial visto que o medicamento pode provocar riscos ao paciente se ele apresenta quadros de diabetes, infecções (bacterianas, fúngicas ou virais), tuberculose ativa, insuficiência cardíaca congestiva, disfunção renal ou hepática grave e AIDS.

Escribe un comentario en Para que serve o dexametasona