Para que serve o óleo de cártamo

O óleo de cártamo é um antioxidante natural retirado das sementes da planta de cártamo e é muito utilizado porque ajuda no emagrecimento e perda de gordura localizada (especialmente aquela que se acumula na barriga).

É rico em ômega 6 (ácido linoleico), um ácido graxo que o corpo humano não produz e importante para a cicatrização da pele já que evita a queda da imunidade. É também rico em ômega 9 (ácido oleico), importante ácido graxo para o crescimento, funções cerebrais e previne de doenças cardiovasculares e derrames.

Mas… para que serve o óleo de cártamo:

O óleo de cártamo serve para retrasar os sinais de envelhecimento já que é rico em vitamina E, fundamental para o controle do colesterol e pela sua ação antioxidante no organismo. Não se trata de um remédio e sim de um suplemento alimentar: um óleo extra virgem derivado das sementes Carthamus Tinctorius L (daqui é originado o seu nome) ou também conhecido como Açafrão-bastardo.

Por ser um suplemento natural, pode ser comprado sem prescrição de um médico ou nutricionista e pode ser encontrado em lojas de produtos naturais.

óleo de cártamo

Óleo de cártamo serve para controleo do colesterol

 

Benefícios do óleo de cártamo:

O óleo de cártamo também serve para prevenir o envelhecimento pela sua ação antioxidante o que combate os radicais livres. Atua como um redutor de apetite porque aumenta a produção de leptina (hormônio que gera a sensação de saciedade), melhora os níveis de colesterol (graças a ação dos fitoesterois e do ômega 9), ajuda a reduzir a celulite porque combate a retenção de líquidos e controla o triglicérides.

Tudo isso porque o óleo de cártamo possui nutrientes que inibem a ação da enzima LPL, responsável pela concentração de gordura na corrente sanguínea. E esse é o motivo pelo qual esse antioxidante natural acelera o metabolismo e auxilia o emagrecimento.

Dose recomendada para consumo do óleo de cártamo:

Para o consumo do óleo de cártamo não existe uma indicação única já que varia de acordo a cada metabolismo. No entanto, na maioria dos casos se aconselha a ingestão de até duas colheres de chá do óleo (para temperar saladas) ou como suplemento alimentar em formato de cápsulas, o ideal são dois comprimidos diários de uma grama cada, duas vezes ao dia sempre antes de refeições como o almoço e jantar.

Contraindicações do óleo de cártamo:

Em 2007 a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu a venda desse produto no Brasil porque não haviam estudos sólidos que comprovassem a sua segurança e eficácia como um suplemento indicado para casos de emagrecimento.

Escribe un comentario en Para que serve o óleo de cártamo